sábado, outubro 13, 2012

sexo no sec XXI

Quem aqui é usuário de Iphone e de Android e baixou o Grindr? Eu digo: baixei. Me arrependi. Apaguei. Baixei de novo.

Quando eu vi que havia um aplicativo (muito legal o conceito), de que mostra perfis de gays, bissexuais e curiosos que estão próximos de você, achei o máximo. Baixei, não botei foto e fiquei olhando, era bem legal ver pessoas que estavam próximos a mim e procuravam a mesma coisa: amizade, sexo, relacionamentos, papo.

Me chamou a atenção o velho perfil de caras sarados sem aparecer o rosto. Fiz um descritivo caprichado "gordinho, bissexual, curioso, procuro amizade colorida e quem sabe algo mais. Vamos papear". Puxei papo com três perfis que me interessaram, UM respondeu. E quando respondeu foi "você tem foto?". Porra, eu não pedi foto, eu queria bater papo. Me senti nos tempos do mirc, onde ficava no #gayminhacidade teclando atrás de aventuras e lá conheci o Gilberto. É um culto exarcebado ao corpo e ao sexo fulgás (ok, as vezes também procuro isso). Então comecei a teclar com um cara, não aparecia foto do rosto, tinha um corpo bonito e conversamos bastante. Ele me pareceu bem legal e me mandou foto de rosto. Gelei. Era um dos meus fornecedores. Me pediu foto. Calei. Ponderei. Quis mandar. Deletei o aplicativo.

Antes que venham me crucificar eu pensei muito se devia me mostrar, pois sei a importância que ele tem na empresa que trabalha e fiquei temeroso com o relacionamento de amizade e parceria que tenho com os chefes dele. Senti muita vontade, juro. Mas deletei.

Duas semanas depois resolvi ativar o aplicativo, não lembro de ter visto nenhuma "propaganda" dele em blogs, mas me pareceu ter  muito mais gente. E lá estavam um amigo da faculdade, o irmão caçula do marido da minha prima, o primo do meu vizinho e um amigo do meu primo. TODOS mostrando a foto, dando a cara a  tapa. Mudei o descritivo "quero conhecer pessoas, bater papo, se relacionar", coloquei foto de uma paisagem bonita. Todas as pessoas que vêem falar comigo pedem foto de rosto, do pau, da bunda, do caralho a quatro, mas quando eu falo "vamos bater papo antes?", somem.

TRISTE.

Deleto de novo?

6 comentários:

Margot disse...

Que roubada a primeira experiencia... rsrrs

King... depende. Você quer mesmo bater papo antes?..Se quiser (e eu acho essencial) tente mais algum tempo. Se não, vá em frente e dê a cara ao tapa....
Hummmmm será????? kkkk

Beijos querido

FOXX disse...

bem, EU corro desse tipo de coisa, mas eu acho q vc devia manter sim... qm sabe um dia alguém vai querer papo, ou um dia vc não vai querer papo. é uma opção.

Otávio disse...

Eu tenho grindr e com foto de rosto e vou falar uma coisa, aquilo é pra quem está perto, isto significa, que podem encontrar na hora ou logo. Não acho que é um aplicativo para encontrar amigos e sim sexo, ou na grande maioria é isso.

Tem o Scruffs também e o bear4u. O Scruffs tem mais ou menos as mesmas pessoas, já o bear4u quase não tem usuarios aqui no brasil.

HOMOTOON disse...

No quesito revelação: "The Chronicles of Narnia" rs.

Cansou de caçar e quer um carinho!? complicado né... É desse jeito mesmo, quando quero não me quer, quando me quer não quero. KKKKK

Bruno Cavalcante Garcia disse...

Recomendo o scruff.. por ter espaço p editar perfil fica mais fácil identificar quem ta afim de sexo, papo ou rock n roll..

anonimo.com disse...

Então, eu não tenho nada contra quem curte.

mas eu não gosto dessa coisa de conhecer ngm por corpo ou foto... eu gosto do cara a cara. do face to face.
meu negócio é olhar, sorrir e ir falar... sou de agir.
opaaa

hahaha

bjuz querido!