segunda-feira, setembro 18, 2006

Rodrigo


A forma como eu o conheci foi inusitada. Auge da secura, marquei na net de sair com um carinha, prometi pagar um boquete. O menino se escondia nas fotos, me passando a idéia de másculo e mexeu comigo aquela aura de mistério. Marcamos de nos encontrar, esperei por ele, e quando o vi de longe sabia que era ele. Ele era o oposto do que eu via nas fotos, mas não chegava a ser uma decepção.

Sílvio não era tão afeminado a ponto de me fazer brochar, mas possuia um piercing horrivel no rosto que era broxante. Mesmo assim eu dei continuidade, fomos a um motel, tentei beijá-lo mas a coisa não fluia. Ele parecia mecânico. Abri sua camisa, baixei sua bermuda e o pau dele era bonito. Grande, grosso, e preenchia os espaços de minha gula. Não sei o que aconteceu, se foi medo ou me irritei, mas dei um jeito de acabar na punheta e fomos embora.

Foi aí que veio a surpresa, passei a ficar amigo de Sílvio. Conversava com ele sobre quadrinhos, livros e música. Ele é estilista e dava uns toques pras cores que eu devia usar, estilos e eu gostava bastante. Então ele me disse que um amigo dele tinha gostado da minha foto, a primeira pergunta que fiz era se o cara era afeminado. "De jeito nenhum", ele respondeu, "ele é bem machinho mesmo". Me mostrou as fotos, e achei o cara interessante. Trocamos msn.

Falar com o Rodrigo era uma luta, ele raramente ficava online. Tentamos marcar algumas saídas mas ele sempre furava, eu já estava ficando desgostoso. Então um dia passava da meia noite e coloquei a foto da minha bunda (isso mesmo, da minha bunda) no msn, ele começou a se empolgar, colocou fotos dele de torso nu, em vários ângulos. Perguntei de novo se ele queria marcar de se encontrar, e realmente acredito nele quando diz ser muito ocupado. Eu falei que se não fosse tão tarde toparia encontra-lo naquele horário. Eram quase uma da manhã e ele falou "rapaz, se você puder mesmo, agora tá beleza".

Me arrumei, passei perfume, gargarejei um Plax e fui me encontrar com ele. Ele marcou em frente ao seu prédio e começou a chover. Esperei em torno de 15 minutos, olhava no relógio e pensava comigo mesmo caso ele não descesse em cinco minutos eu ia embora. Ele apareceu e fiquei surpreso com o que vi. Sabe gente que é feia em fotos e é linda ao vivo? Rodrigo parecia não ter charme nenhum pelas fotos, mas ao vivo ele transbordava. Apertou minha mão e me olhou dos pés à cabeça com um sorriso bem safado.

Fomos dar uma volta, parei em uma rua de pouco movimento e começamos a conversar. Ele realmente era bem másculo, com uma voz terna, olhos e sorrisos safados. Não resisti e o beijei. Rodrigo passou a mão pelo meu cangote e passou a fazer malabares com a língua, me beijando com volúpia. Minha mão percorria seu tórax, apertava suas costelas trazendo seu corpo para mais junto de mim e deslizei a mão até seu pau que já pulsava. Me beijando ele sorriu e me chamou de safado.

Tirei a sua blusa, ele passou a lamber meu pescoço, levantou a minha blusa e passou a língua nos meus mamilos. Eu não estava nem aí pra nada, queria ser dele, custasse o que custasse. Mas no carro era foda, eram mais de uma da manhã. Continuamos a nos beijar, e como eu não resisti, passei a mão naquele pau novamente, tirando da bermuda. Ele riu com o ar um pouco ofegante. Sabia que eu queria chupar e estava doido que eu fizesse isso também.

Nos olhamos e eu caí de boca. Chupei com gula mesmo, arranhava meus dentes naquele mastro (que era de um tamanho bom, mas nada gradioso demais). Rodrigo gemia muito, mas muito mesmo. Eu chupava com gula, subia ate seus mamilos e os mordia, ele gemia de dor e prazer. Eu abocanhava todo seu pau, fazendo com que sua cabeça tocasse no fundo da minha garganta e escorregasse minha língua até seu saco, o fazendo gemer feito louco. Em pouco tempo ele gozou. Como perfeito lorde, avisou que ia gozar para eu tirar a cabeça, mas ignorei e continuei chupando, ele deu uma risadinha maliciosa.

Rodrigo gozou e eu fiz questão de beber tudinho. Me levantei e disse "delícia", ele riu e disse "delícia digo eu" e fez algo que me surpreendeu: me beijou. Me beijou tão ardentemente quanto na hora em que nos vimos. Acho que ali me interessei mais por ele, queria tê-lo mais vezes e o tempo todo. Com a chuva piorando voltei pra casa, me perdi, quase afogo o carro e passei a ter crises de desespero, mas acabou bem. Graças a deus que eu dirijo bem. Mas as vezes que fiquei ilhado, sem saber aonde ir por conta da chuva, sem ver nada à minah frente, mandei msg de texto pro celular dele. Entretando a merda da TIM mandou a mensagem repetidamente umas quinze vezes, e no outro dia tinha um e-maild ele pedindo para eu não mandar tanta msg de texto para não comprometê-lo. Abriu uma chaga em meu peito. Ele ia pensar que eu era a espécie grude/neurose.

Dei um tempo, ele nunca me procurou. Liguei uma vez e me abri com ele, perguntei se incomodava. "Se você incomodasse eu nem te atenderia. Mas é que , tipo, eu tô sempre namorando, mas as vezes dou minhas escapulidas."

Sílvio falou pra eu ligar pra ele "SE JOGA QUERIDO!" E foi aí que elvei um fora. Ele me pareceu bem interessado em marcarmso algo, me olhou daquele jeito "devorador" que me faz pulsar de tesão, mas não ligou.

A dúvida é, eu ligo semana que vem ou não ligo?

8 comentários:

Just a Boy disse...

liga liga liga...
geten... to todo babado, como sempre
uhauhuahauhua
liga sim, bofe como esse descrito no relato acima é uma coisa extremamente rara, realmente siga o conselho do silvio: se joga
uhauaauh
bye

Bi du Surf disse...

Liga sim, nao custa tentar brother.
só nao gruda mto, se ele tah
namorando ele só vai querer se
divertir, mas vc pode correr o
risco de ficar xonado por ele.

vlw

Traipse disse...

Kara,

Liga sim, numas de papo legal, descontraído... sem se jogar... quem se joga mto demonstra falta de um mínimo de auto-estima...

Tente mostrar o q sente sutilmente, digo, sem ficar com a "guarda" tão baixa... lembre sempre que você é mais você!!!

Beijaço

Trintinha disse...

Experiência própria: não liga, amigo.... Parte prá outra enquanto é tempo... Beijos!

Léo. disse...

Aii eu não ligaria no teu lugar, vai parecer que vc esta desesperado por ele, amor próprio em primeiro lugar!
Se cuida!
Bejos!
:D

Jaleco disse...

ai dramma que horrorrrrrrrrrr... vamos parar com o dramma ne? rsrsrs
pq que c ta sumido? vamos tentar encontrar no msn hoje ta?
beijo se for de beijo e abraco se for de abraco

Jaleco disse...

afff drama, acabei de ler seu comment novamente, prefiro falar com vc no msn, mas como nao sei qnd vamos encontrar de novo, passei aqui novamente pra dizer... como assim????? jura que nao podemos ser mais amigos????? jura que vc pensa que amigos tem sempre que pensar igual????? jura que pensa que amigos so dizem coisas boas????? afff, pra mim, amigos falam o que pensam, amigos conversam, se explicam, "saem nos tapas se precisar", ets e &.
porrraaaaa... rrsrsrs. vamo parar com o drama ne? rsrsrs como ta o trampo?

to indo agora,
se quiser aparecer to te esperando ok?

beijo se for de beijo e abraco se for de abraco

Otávio disse...

Nossa, li hj depois de ler em um dos seus posts e que delícia, preciso aprender a escrever com vc!!!